Diretrizes Agrícolas Brasileiras – Visão geral sobre o projeto

Contexto

O Brasil é o quinto maior emissor de gases de efeito estufa (GEE) no mundo, sendo a maioria destas emissões proveniente do setor agropecuário. O setor é diretamente responsável por cerca de 35% das emissões de GEE brasileiras e indiretamente responsável por 22% das emissões resultantes das alterações no uso da terra. Dessa forma, ele desempenha um importante papel na realização de esforços para redução de emissão de GEE.

Mas como as companhias agropecuárias brasileiras podem mensurar e reduzir suas próprias emissões?

Através de uma parceria com organizações de pesquisa – Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) e UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas) – o programa GHG Protocol criou um projeto que desenvolveu ferramentas que possibilitam melhorar o gerenciamento de emissões de GEE no setor. São elas:

  1. Diretrizes Agrícolas Brasileiras para contabilização de emissões de GEE - do setor agropecuário. O guia auxilia empresas a entenderem como as fontes de emissões de GEE devem ser incluídas no inventário corporativo de GEE. As Diretrizes foram desenvolvidas atráves de um processo de consulta às partes interessadas envolvendo mais de 80 especialistas brasileiros entre empresários, acadêmicos, instituições públicas e ONGs.
  2. Ferramenta de cálculo com base em uma planilha que estima emissões de GEE da produção agrícola e pecuária, assim como alterações do uso da terra. Essa ferramenta foi desenvolvida pela Embrapa e UNICAMP sendo a primeira a incorporar fatores de emissões específicos para o Brasil.

Ambos os produtos são baseados nas orientações do programa GHG Protocol Agrícola, assegurando a consistência com as melhoras práticas internacionais. O GHG Protocol é líder no quadro global para desenvolvimento de inventários corporativos e é a base metodológica para outros programas de reporte, como para o Programa Brasileiro GHG Protocol.

Público-alvo

  • Empresas que possuem ou controlam operações do setor agropecuário;
  • Outras empresas da cadeia de valor do setor agropecuário;
  • Programas de inventários de emissões de GEE;
  • Instituições públicas e iniciativas não governamentais que buscam desenvolver ferramentas para avaliar as emissões de GEE provenientes do setor agropecuário.

Evento de lançamento

O World Resources Institute (WRI) fará o lançamento das Diretrizes Agrícolas Brasileiras e da ferramenta de cálculo no dia 29 de março, em São Paulo. Informações mais detalhadas sobre o evento serão divulgadas em breve. As Diretrizes Agrícolas Brasileiras e a ferramenta de cálculo serão disponibilizadas online após o evento de lançamento.